sábado, 27 de setembro de 2008

Quarta Edição

A quarta edição do Poesia no Prato foi sábado 27/09/2008 na área externa da Univap – Campus Centro – São José dos Campos.

Não podia ter sido uma tarde mais plena. Ao lado da fonte embaixo das flores bebemos poemas e plantamos festas de cores. Embora ainda haja dor pela ausência do Ladislau.

Eu sempre sonhei com essa interação. O músico, o anônimo, o ator, o clássico, o professor, o analfabeto, o idoso, a criança, as possibilidades, a sorte, a rima e palmas a todos.

De verso em verso abriremos templos, pularemos cordas, estenderemos nosso tapete de pétalas em diversos canteiros e tocaremos nossa harpa rumo ao centro da interação completa, do amor e da magia. Magia esta que só os que amam, somente os que amam são capazes de se

entrelaçarem nela, decifrar seu andar seu aceno, seu hálito e gestos.


4 comentários:

Giovani disse...

OLÁ AMIGA!

O MOMENTO É PARA SE COMEMORAR!
POIS VEJO NOS OLHOS DELES
A ALEGRIA DO DECLAMAR...

PARABÉNS POR ESSA GRANDE INICIATIVA POÉTICA!


POETA ALMENDANHA

fernando disse...

Boa tarde Poeta Zenilda..Que lindo né! Ver tantas pessoas reunidas com o mesmo objetivo.Cultivar a poesia e a amizade.Perdoi-me pela ausência.Tenho trabalhado bastante..Parabéns por mais esse encontro tão especial.selmer.

Victor Canti disse...

Realmente foi pleno. Este "espaço" que vcs proporcionaram ao artista joseense é mágico e envolvente, está semeando muitas sementes, e ja está colhendo seus frutos...
Parabéns!!
vcs são 1000!!

mendonza disse...

Olá Zenilda, Parabéns pelo trabalho prazeroso que maravilha, que gostoso foi chegar e ainda poder provar do seu bolo e chá que tanto recorda o colo de mãe, o pé na terra sagrada.
estou feliz por conhece-los.
Obrigada.